Sem categoria › 19/12/2016

Papa pede que adolescentes contagiem o mundo com a alegria

O Papa Francisco recebeu em audiência, nesta segunda-feira, 19, cerca de setenta adolescentes da Ação Católica Italiana. O Pontífice manifestou sua alegria por este encontro, realizado nas proximidades do Natal, e pediu que suas felicitações natalinas cheguem a toda a família da Ação Católica Italiana.

Francisco recordou que o Natal se aproxima e ressoará o anúncio do anjo aos pastores para que não tema, pois nascerá o Salvador, o Messias.

“O nascimento de Jesus é anunciado como uma ‘grande alegria’, causada pela descoberta de que Deus nos ama e através do nascimento de Jesus se aproximou de nós para nos salvar. Somos amados por Deus. Que coisa maravilhosa! Quando estamos tristes, quando parece que tudo dá errado, quando um amigo ou uma amiga nos desilude, ou quando nos desiludimos a nós mesmos, pensemos: ‘Deus me ama’, ‘Deus não me abandona’. O nosso Pai é sempre fiel e sempre nos quer bem, acompanha os nossos passos e vem ao nosso encontro quando nos distanciamos. Por isso, no coração do cristão existe sempre alegria”.

Segundo o Papa, esta alegria se multiplica se for partilhada. “A alegria acolhida como dom deve ser testemunhada em todas as nossas relações: na família, na escola, na paróquia, em todo lugar”. Nesse contexto, os membros da Ação Católica são ajudados pelo seu caminho de formação que este ano tem como slogan “Circundados de alegria”.

Para Francisco, essa expressão pode ajudar os adolescentes a sentir a comunidade cristã e o grupo em que são inseridos como realidades missionárias, que se movem de um país para outro, de um lugar para outro, circundando de alegria aqueles que encontram todos os dias.

“Anunciando a todos o amor e a ternura de Jesus, vocês se tornam apóstolos da alegria do Evangelho, e a alegria é contagiante”, disse o Papa aos adolescentes da Ação Católica Italiana. E deu-lhes uma tarefa:

“Esta alegria contagiante deve ser partilhada com todos, sobretudo com os avós. Conversem com seus avós, eles também possuem essa alegria contagiante. Perguntem a eles muitas coisas, saibam ouvi-los, eles têm a memória da história, experiência de vida. Isso será para vocês um dom enorme que os sustentará em seu caminho. Eles também precisam ouvi-los, entender suas aspirações e esperanças. Portanto, eis a tarefa: conversar com os avós, ouvir os avós. Os idosos têm a sabedoria da vida”.

Paz e solidariedade

O Papa disse que contagiante é também seu compromisso pela paz. “Este ano, vocês uniram as palavras paz e solidariedade numa iniciativa a favor de alguns jovens de um bairro carente de Nápoles. Este é um bom gesto que indica o estilo com o qual vocês querem anunciar o rosto de Deus que é amor. Que o Senhor abençoe este projeto de bem”, disse Francisco.

Os adolescentes estavam acompanhados por educadores, assistentes e responsáveis da Ação Católica Italiana. O Papa os saudou e agradeceu pelo compromisso em favor da educação cristã dos membros, desejando a todos um Feliz e Santo Natal.

Por Canção Nova, com Rádio Vaticano

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.