Noticias › 04/10/2018

Papa se emociona ao falar dos bispos chineses que participarão do Sínodo

O Papa Francisco se emocionou ao citar os Bispos da China Continental que participarão pela primeira vez de um Sínodo.

Durante a homilia que pronunciou na Missa de abertura da XV Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos nesta quarta-feira, 3 de outubro, o Santo Padre assinalou que “hoje, pela primeira vez, estão conosco também dois irmãos Bispos da China continental”.

“Damos as nossas calorosas boas-vindas. Graças à sua presença, é ainda mais visível a comunhão de todo o Episcopado com o Sucessor de Pedro”, assegurou.

Os dois prelados que participarão do Sínodo são Dom Yang Xiaoting, Bispo de Ya’na, e Dom Guo Jincai, Bispo de Chengde. Este último é um dos sete prelados aos quais o Papa Francisco levantou a excomunhão após a assinatura do Acordo Provisório entre a Santa Sé e a República Popular da China para a nomeação de bispos no país asiático.

A participação dos bispos chineses nos órgãos da Igreja era algo muito desejado há anos. Nenhum Bispo da China Continental pôde estar presente no Concílio Vaticano II nem nos Sínodos realizados até agora.

Em virtude desse Acordo Provisório alcançado no último dia 22 de setembro, a Santa Sé reconhece os bispos nomeados pelas autoridades chinesas, readmite-se à plena comunhão eclesial bispos ‘oficiais’ ordenados sem mandato pontifício e estabelece-se o sistema de nomeação de novos bispos que regerá a partir de agora na China.

Via Aci Digital

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.